Intolerância alimentares

intoleranciasNa semana passada falei no “stories” do Instagram de um exame de Intolerância alimentares que fiz no fim do mês passado e saiu no fim de Maio. Fiquei surpreendida? Nem tanto! Várias coisas desagradáveis estavam acontecendo no meu organismo já há uns 10 meses: perda de cabelo sem causa aparente, manchas na barriga e estofamento abdominal e há cerca de 5 meses leves enjoos e muita retenção de líquidos (não, não estou grávida). Alimento-me bem e os exames de sangue pareciam normais. Então, o que seria?

Resolvi tomar 2 atitudes: Fazer um exame genético para alimentação e esporte (ainda vou falar aqui) e um exame de intolerâncias alimentares. E hoje vou falar deste último. INTOLERÂNCIA ALIMENTAR.

Primeiro, qual a diferença entre Alergia e Intolerância:

  • A alergia  (mediada por IgE) é uma reação imunológica com sintomas imediatos.
  • A intolerância ocorre devido à uma alteração enzimática onde há formação de anticorpos IgG uma hipersensibilidade retardada, sendo que os sintomas normalmente não são imediatos e muitas vezes convivemos com eles sempre e não relacionamos com a alimentação.Intolerancias e alergias alimentares

Os principais SINTOMAS de intolerância alimentar são:

  • Retenção de Líquidos
  • Dor de cabeça e/ou enxaqueca
  • Intestino irregular podendo conter presença de muco
  • Muitos gases e sensação de abdômen estufado
  • Boca amarga
  • Tonturas e zumbidos no ouvido
  • Falta de apetite pela manhã
  • Compulsão alimentar e dificuldade de emagrecer
  • Imunidade suprimida
  • Cansaço e desânimo
  • Acne
  • Queda de cabelo
  • Dores no corpo
  • Insônia ou sensação de sono incompleto
  • Queratose pilar (bolinhas ásperas no braço ou pernas)
  • Rinite, sinusite, excesso de muco

Eu fiz, na minha Nutricionista, um exame de sangue que quantifica anticorpos IgG para 221 alimentos. E tenho intolerância a alimentos saudáveis como a clara de ovo (eu comia 4 ovos por dia), milho e castanha do Pará (estão todas na imagem abaixo).intolerancias vania

E agora? Cortei todos os alimentos que me fazem mal e após 21 dias: meu sono voltou a ser “de bebe”, perdi 3kg (acredito que de líquidos), o meu cabelo parou de cair e estou com mais energia. Acordo super bem disposta e ativa. Sem aquela preguiça de querer ficar na cama “só mais 5minutos”.

A minha nutricionista também reforçou os meus probióticos para que estas intolerâncias diminuam. E vou continuar 100% sem estes alimentos, pelo menos por enquanto, enquanto o meu corpo desinflama por completo.

As intolerâncias nunca vão sumir (ao contrário das alergias) mas a clara de ovo precisa baixar um pouco (estava super alta, acima do máximo) mas, daqui a uns meses já vou poder consumir, de vez em quando. No entanto, conhecendo-me como me conheço, acho que já a exclui do meu cardápio até porque também descobri que o meu corpo tem tendência à inflamação – mas isso é assunto para o exame de DNA- #cdfPelaSaude.

Como podemos ver a alimentação é algo muito particular. Só porque um alimento é visto como “saudável” não significa que ele seja saudável para você. Para mim a clara do ovo é um veneno, uma “kriptonita” que estava atacando o meu sistema imunológico e causando inflamações.

E quais os benefícios de retirar tais alimentos? Mais SAÚDE por diminuir processos inflamatórios. A causa da maior parte das doenças, incluindo o câncer. E ela é o nosso maior bem 🙏

Beijinhos e muita saúde,

vania castanheira

Siga também:
Instagram e Twitter @minhavidacomigo
Facebook https://www.facebook.com/MinhaVidaComigo
Youtube https://www.youtube.com/user/vaniacastanheira

Un comentário to “Intolerância alimentares”

  1. 21 de junho de 2017 às 12:26

    Muito legal esse post! bj

Escreva um comentário

*