O que é alimentação funcional?

Desde que fui diagnosticada com o câncer, comecei a estudar muito sobre saúde. Formas de eu ter um papel ativo na minha cura e também de evitar ficar doente novamente. Viver uma vida plena, com energia e com o meu organismo funcionando perfeitamente.

Não acredito em dietas restritivas (da lua, da proteína, da sopa, dos shakes, etc e tal). Acredito em mudanças de hábitos e acredito, principalmente, que se nos alimentamos corretamente, a estética vai acompanhar (emagrecer ou aumentar o peso…seja qual for o nosso desejo e o ideal para o equilíbrio do nosso corpo).

Foi assim que descobri que há certos alimentos, a combinação entre eles e a forma como são preparados que exercem uma ação benéfica para o nosso organismo. E eles são Funcionais! Estes alimentos têm um ou mais componentes que têm um efeito benéfico para o funcionamento do nosso corpo (e mente). E isto resulta em prevenção e redução de risco de doenças como: degenerativas, cardiovasculares, câncer, diabetes, hipertensão, etc. O meu intestino, por exemplo, funciona melhor (todos os dias) agora do que alguma vez funcionou na vida.

Acostumei-me a olhar para os alimentos pensando no que é que eles vão fazer de bom para o meu organismo. Eles não são mais um acumulado de calorias mas sim um acumulado de nutrientes. Se for vazio (como alimentos processados e refinados) eu nem como, pensando no mal que me vai fazer. A não ser que eu esteja mesmo com muita vontade. Mas posso afirmar que me dá muito mais prazer comendo uma coisa saborosa que eu saiba que me faça bem do que uma coisa gostosa que eu sei que não me vai trazer nada de benéfico para a saúde.

Para que possa completar este texto com a mais precisa das informações, falei com a Mariana Ferri D’Ávila, minha amiga Nutricionista (que acredita na Nutrição Funcional e é membro do The Institute for Functional Medicine (IFM) nos EUA) para que responda a algumas questões que possam estar pipocando na sua cabeça.

Porquê o termo Funcional? 

De acordo com a Vigilância Sanitária do Ministério da Saúde, os alimentos funcionais  “são aqueles que além das funções nutricionais básicas, quando consumidos em dieta usual, produzem efeitos metabólicos e fisiológicos benéficos à saúde, devendo ser seguros para consumo sem supervisão médica”. A nutrição funcional é a ciencia que estuda, com base na individualidade bioquímica de cada pessoa, a relação dos nutrientes e de fatores ambientais, com a prevenção e tratamento de desordens crônicas.

Como pode a leitora, em casa, começar a se alimentar de uma forma mais saudável, visando uma nutrição funcional? 

O primeiro passo é buscar um profissional para ensinar a se alimentar e hidratar de forma correta, pois o remédio para um pode ser o veneno para outro. O ideal é introduzir mais “alimentos de verdade” e diminuir os produtos industrializados, açúcar, farinhas refinadas e bebidas alcoólicas. Dos alimentos do seu dia a dia, ao menos 80% não devem ser industrializados, assim já é um bom começo para a mudança alimentar e de estilo de vida.

Quais os alimentos funcionais que você sugere começar a incluir na dieta?

Introduzir os temperos caseiros e excluir aqueles industrializados já é uma ótima introdução, como cúrcuma, alho, cebola, gengibre, pimentas, azeite, entre outros.

Dá para emagrecer seguindo uma alimentação funcional?

Sim. A obesidade é uma desordem crônica que não tem uma causa única, pois é multi-fatorial, e deve ser tratada para que não agrave mais o estado de saúde do indivíduo, para isso, alguns alimentos podem ser aliados e outros podem ser verdadeiros venenos nesse tratamento.

Qual a sua receita favorita e equilibrada em termos funcionais?

Não existe uma receita única, tem várias receitas que gosto muito, mas introduzir água com limão e gengibre todos os dias pela manhã pode acarretar vários benefícios à saúde, mas vale lembrar que cada pessoa possui um organismo, e que nele há a individualidade bioquímica que deve ser levada em consideração sempre.

Gostou das dicas? Obrigada Mariana pela sua disponibilidade. Veja algumas receitas aqui postadas no blog e aproveite para “se alimentar de saúde” e de “alimentos de verdade” como diz a Nutri.

Beijinhos e bom apetite

Livro_MinhaVidaComigo_Venda-01

 

 

 

Siga também:
Instagram e Twitter @minhavidacomigo
Facebook https://www.facebook.com/MinhaVidaComigo
Youtube https://www.youtube.com/user/vaniacastanheira

Un comentário to “O que é alimentação funcional?”

  1. Joana
    21 de novembro de 2015 às 15:09

    Olá Vânia, desde que comecei a tratar de um câncer de mama descobri seu site e também comecei a mudar minha alimentação. Tirei uns 80% de carboidratos, gorduras, açúcar, industrializados e inclui mais frutas, legumes, enfim, alimentos saudáveis. Com isso acabei emagrecendo uns 10 kg e como já tinha um bom peso estou me achando muito magra! Você emagreceu muito também?
    Abraço

Escreva um comentário

*