Fátima de Brito – Histórias que Inspiram #38

“O ano de 2013 foi o pior ano das nossas vidas! Perdi o emprego de muitos anos, e embora logo em seguida

Antes do tratamento

Antes do tratamento

tenha conseguido outro, a vida não tardou em colocar-me uma nova provação. No primeiro domingo de Maio de 2013, dia da Mãe aqui em Portugal, numa brincadeira na minha cozinha em que o meu marido me tocou na mama direita, eu senti uma dor muito aguda. Achei estranho porque tinha feito exames de rotina em Fevereiro (3 meses antes) e estava tudo bem. Apalmei a minha mama e encontrei um caroço.

Nesse momento pareceu-me ter ficado sem sangue nas minhas veias porque fiquei gelada e muito nervosa, mas não quis assustar o meu marido e a minha filha e não contei nada.

Durante 1

Durante os tratamentos

Fui à minha médica de família para fazer novos exames e ao fazer a mamografia disseram-me que tinha um nódulo e que tinha que fazer uma biopsia. Fiz a biopsia e tive que aguardar o resultado durante duas semanas que pareceram uma eternidade. O resultado chegou no dia 8 de Julho: carcinoma invasivo triplo negativo. Foi um momento muito difícil para mim e para todos os que me rodeiam, mas eu sabia que tinha que ter muita força para conseguir que os tratamentos corressem bem.

A minha médica cirurgiã marcou-me logo a operação para dia 11 de Julho fiz uma tumorectomia da transição dos quadrantes inferiores e tudo correu bem. Fiz quimioterapia durante cinco meses e trinta e três sessões de radioterapia.

Recentemente, no dia 3 de Outubro 2014, fiz os exames após os 6 meses do fim dos tratamentos e graças a

Agora, depois dos tratamentos

Agora, depois dos tratamentos

Deus está tudo bem e eu sinto que cada dia que passa tudo está a voltar ao normal para mim e para quem me apoiou, porque todo este processo foi muito desgastante.

Mas agora que tudo ficou para trás estou a levar uma vida mais calma e só dou importância ao que realmente importa, e agradeço a Deus esta nova oportunidade de viver, agradecendo também ao Serviço Nacional de Saúde (SUS) do meu país porque fui muito bem tratada, um bem-haja a todos.”

Fátima Ventura de Brito
44 anos, Casada, 1 filha
Câncer de mama
Portugal
 

Obrigada pela partilha! E muita, muita vida com muita saúde!

As nossas histórias dão um sentido à nossa vida e ajudam a vida dos outros. Qual é sua história? O que faz vibrar seu coração? O que te dá força? Conte para mim, conte para nós….AQUI. :) Também quero histórias de homens! Se quiser conhecer as outras histórias, já publicadas, basta clicar AQUI, nas Histórias que Inspiram.

Beijo no coração ;)

 

Assine o Blog

Receba as novidades e publicações no seu e-mail. Obrigado.

Siga também:
Instagram e Twitter @minhavidacomigo
Facebook https://www.facebook.com/MinhaVidaComigo
Youtube https://www.youtube.com/user/vaniacastanheira

Escreva um comentário

*