Recuperação da Quimioterapia e da Radio? Até quando?!

Terminada a quimioterapia e a radioterapia, ficamos a 100% de um momento para o outro? Já no dia seguinte? Será que vamos sentir o cansaço para sempre? E o “efeito Dori”, aquele que nos dá a sensação de não assimilarmos tudo o que nos dizem e que esquecemos tarefas, afazeres, nomes, etc? Seria bom termos uma fórmula certa para todas estas respostas. Um numero de dia exatos, um prazo. Mas também teria sido bom nem sequer passarmos por tudo isto não é?!

Lembre-se, é a perspectiva que faz toda a diferença no sucesso emocional de todas as “pedras” que aparecem no nosso caminho. Pode ir de 3 meses a 1 ano. Depende de pessoa para pessoa e da intensidade do tratamento. Terminei o meu tratamento há 5 meses. Retomei a minha vida. De uma forma totalmente diferente mas retomei.

Pratico atividade física todos os dias. O objetivo é voltar a fortalecer aqueles músculos que viraram “gelatina” no período da quimioterapia, combater a flacidez também da pele que ficou com “furinhos”, ganhar mais condicionamento físico, capacidade cardiorrespiratória e, claro emagrecer aqueles kg ganhos na comemoração do final dos tratamentos que durou 2 meses (guloooooosaaaaa)!!! E também preparar o meu organismo para gerar um baby. Ou seja, procurei o esporte para me ajudar a recuperar mais rapidamente. Não treino (ainda) com a força que poderia treinar se não tivesse passado pelo tratamento, mas cada dia melhoro um pouco. E isso é que importa. Esse é o meu foco.exercicios pos quimioterapia

Ainda continuo com os suplementos que me ajudam na imunidade: Glutamina (10gr em jejum e 10gr antes de dormir), Spirulina (500mg em desjejum) e Proteína – Whey (durante o tratamento tomava 10gr antes de dormir e agora tomo 30gr depois do treino)*. Comecei a toma-los na primeira cirurgia e nunca mais parei. A estes suplementos junto: Omega-3 e a Vitamina C. Tudo em prol do bom funcionamento do meu organismo.*suplementos quimioterapia

A minha alimentação é totalmente funcional. Sucos de fruta com vegetais, alimentos integrais, orgânicos, produtos da época, etc. E água, muita água (tomo cerca de 3litros). Alimento-me em prol da minha saúde e da recuperação. Hipócrates já dizia “que a alimentação seja o teu único remédio” e assim quero eu dizer o resto da minha vida.alimentacao recuperacao quimioterapia

O efeito “Dori” passou. Aliás não passou totalmente porque ele meio que faz parte de mim mas aquela lerdeza, prostração, incapacidade de pensar, passou-me cerca de 2 meses depois. Agora a cabeça está sempre cheia de ideias. O corpo ainda não acompanha mas estou cuidando para que ele recupere o mais rapidamente possível.

A minha mama ainda está “queimadita” e ainda tenho o cateter. Quando tenho um dia demasiado intenso, fico mais cansada. Bocejo sem parar e é incontrolável. O que é super inconveniente se estou num ambiente social ou profissional.

Em última análise, depois de vários dias demasiado intensos, a minha imunidade cai e fico com dor de garganta e no corpo. Ou seja, os efeitos não terminam com o tratamento. Lembre-se que foi uma “violência” muito grande para o nosso organismo. Afinal renascemos! E um bebé recém nascido precisa de cuidados :). Não importa o tempo que dure. O que importa é continuarmos ouvindo o nosso corpo. Dar descanso quando ele precisa mas alimentá-lo e dar-lhe a atividade física que ele precisa para que funcione bem e se mantenha livre de “bichinhos” indesejados. Cuidando de você, está cuidando de quem você ama.

Um grade beijinho,

Vânia

*Lembre-se: procure um nutricionista. Não tome suplementos por vontade própria. E um professor de educação física ou PT que passe um treino adequado. Não precisa treinar sempre com ele mas precisa de uma orientação. 😉vania castanheira

Siga também:
Instagram e Twitter @minhavidacomigo
Facebook https://www.facebook.com/MinhaVidaComigo
Youtube https://www.youtube.com/user/vaniacastanheira

24 Comentários to “Recuperação da Quimioterapia e da Radio? Até quando?!

  1. Maria Rita Rodrigues
    4 de dezembro de 2017 às 20:03

    Olá terminei a quimeo a três meses mas ainda continuo cansada faço algum serviço e já me canso da canso muito e tbm adquiri uma trombose na perna esquerda faço algum serviço e me canso será qto tempo ainda me sentirei assim

  2. Sylvia
    31 de agosto de 2017 às 00:17

    Gostaria de saber se vcs tem um grupo no whatsapp?

  3. 1 de agosto de 2017 às 12:31

    Fiz quimioterapia e radioterapia acabei á dois meses e ando a tomar um comprimido por dia. Ando com os dedos das mãos e dos pés dormentes e muito cansaço dores nas pernas e cpouca força para andar. Será isto efeitos secundários? Por quanto tempo?

    • 14 de agosto de 2017 às 15:29

      olá Maria,
      isso mesmo. É a neuropatia periferica. Eu fiquei por cerca de 5 meses. Um grande beijinho

Escreva um comentário

*