A Rainha de Copas – Quimioterapia vermelha

Quando recebi a lista completa dos efeitos colaterais da quimioterapia, principalmente da vermelha, desejei ser uma ursa. Queria hibernar durante os 6 meses seguintes. Fiquei com receio de não seguir 100% as “milhentas” instruções ou de ter o azar de pegar alguma infecção. Infecções essas que quando estamos bem, temos defesas para combate-las, mas quando estamos frágeis, como em QT, podem ser mortais. Já que a doença não me tinha matado, não queria que a cura o fizesse! Acreditem que a doença não assusta tanto quanto o processo de cura, o tratamento com quimioterapia. Falamos recentemente aqui de alguns efeitos da quimioterapia, tais como FADIGA, ANEMIA, IMUNIDADE BAIXA, ESTERILIDADE DA MULHER OU MENOPAUSA PRECOCE e DIFICULDADE EM DORMIR. E em como os combater.  No entanto, temos muitos mais e alguns bem piores. Pois é, piores!!! Se prepare para ler que este post é longo mas bem explicativo! Seguem mais alguns efeitos, relacionados ao meu tipo de quimioterapia e em como passar menos mal por eles: Alopecia – a queda de cabelo! A QT mata as células que estão em crescimento no nosso corpo, incluindo as células capilares. Cabelo cai, tal como todos os pelos do corpo. “Oh yeah”, para os restantes pelos, pois não precisamos fazer depilação durante um tempo. “Oh no”, para o cabelo, cílios e sobrancelhas! E assim, ficamos com cara de “tartaruga”. Quanto à queda de cabelo escreverei um novo post, ainda esta semana, dedicado exclusivamente a ele. Dicas para lidar melhor com a queda da “juba”:

  • Raspe o cabelo antes dele começar a cair – afinal, não precisa lidar com mais um drama na sua vida;
  • Aproveite e doe o seu cabelo para fazer uma peruca para alguém que precise (ou para você mesmo);
  • Se não quiser ser logo radical raspando a cabeça, corte o cabelo curto
  • Se puder compre uma (ou mais) peruca. O cabelo pode ser parecido com o seu ou diferente. Aproveite para se ver com vários tipos de cabelo e ver qual se identifica mais com você;
  • Use lenços…de várias cores, formatos e feitios. Use chapéus…aproveite para inovar. Seja criativo/a!;
  • Use protetor solar na cabeça…não ande com a careca ao sol. Proteja-a!
  • Quando o bendito volta a crescer? Vixi…só 2 ou 3 meses depois de terminada a quimioterapia!!!!

rainhadecopas ENJOOS, NÁUSEAS e VÔMITOS – O pior efeito possível e imaginário!!! O meu rosto até se contorce só de lembrar…nhaca…rrrrr…buaaa….Até do cheiro do marido enjoei! E conseguia adivinhar o que as pessoas tinham comido, estando a um metro de distância delas!!! As paredes tinham cheiros…tudo tinha cheiro…os vizinhos passavam o dia a cozinhar…o mundo cheirava a comida e a baunilha!!! E não adiantava fechar o nariz….pois o cheiro também vinha de dentro de  mim….Esta foi a pior fase. Pensava 24h, durante 4 dias, em formas de negociar com o oncologista para não ter que fazer mais aplicações desta poderosa “Rainha de Copas”! Esta poção mágica que só ela poderia ter inventado! E ursa…queria ser uma ursa!  Depois destes 4 dias esquecia a negociação mas não me importava de ser ursa na mesma :) . Nunca vomitei. Consegui controlar. Ufa!!! Dicas? Abaixo:

  • Tomar direitinho os remédios anti enjoos. Se bem que, soube recentemente, pelo meu querido “onco” que agora já dão na veia o mais poderoso anti-enjoo de todos, o Emend. Quando fiz a minha quimio este Emend era extremamente caro e o plano de saúde não cobria. E também só fiquei sabendo dele no meio do tratamento;
  • Não consumir comida gordurosa, salgada, picante, frituras e doces;
  • Fuja da cozinha. Deixe que o maridão, a mummy, a sogra ou a cunhada,etc…seja quem for, cozinhem para você;
  • Beba pequenos goles de água gelada durante o dia (2/3lts dia);
  • Coma 5/6 refeições por dia mas alimente-se!
  • Não force muito alimentos que não “estão descendo” pois pode enjoar deles durante uns meses (eu, ainda hoje, fico longe de brócolis e arroz integral…nem quero vê-los de perto!);
  • Acupuntura e meditação ajudam algumas pessoas;
  • Gengibre – coloque gengibre nas sopas, sucos, etc.;
  • Beba chá de hortelã antes de dormir;
  • Picolés de frutas ajudam muito, tal como, gelatina;
  • A banana descia-me que era uma beleza!

Apetite e alteração do paladar– o maldito do paladar muda. Banana fica com gosto de morango e chocolate com gosto de bife! Brincadeirinha, não é bem assim mas muda horrores! Não se sabe mais qual o gosto das coisas que temos vontade de comer. Coisas que gostamos deixamos de gostar (sorvetes e salada) e coisas que gostamos menos passamos a gostar mais. E o apetite…esse, outrora tão aguçado…pode sumir (temporariamente) :).

  • Quanto à falta de apetite, por favor, ignorar e comer as tais 5/6 refeições por dia, mesmo sem vontade.  Faça exercício para aumentar o apetite;
  • Escolha comidas mais ricas em calorias e proteínas;
  • Quanto à mudança do gosto das coisas…divirta-se a descobrir pois cada um é de um jeito!
  • Continue bebendo muitos líquidos mas entre as refeições e não durante.

ca%cc%82ncer-foi-minha-cura-oFeridas na boca e Mucosite – tal como todas as mucosas, a boca também fica muito seca a ponto de, por vezes, parecer que nem tem saliva. Feridas podem se desenvolver na língua e nas gengivas. Eu tive umas pequenas rachaduras e a boca muito muito seca. Andava pedindo doações de saliva…ahah! No entanto, não podemos ter cáries e temos formas de diminuir estes efeitos:

  • Sempre que comer, bocheche água  com bicarbonato de sódio e escove os dentes;
  • Antes de dormir fazer bochecho com um elixir bucal especifico (falar com o dentista para passar a  receita do manipulado);
  • Evitar sucos ácidos, tais como, de laranja, limão, tomate, bebidas alcoólicas, comidas picantes e tabaco;
  • Chupe pedras de gelo;
  • Usar hidratante labial com frequência.

Constipação ou diarreia – Um deles vai acontecer com certeza! Eu soube logo qual seria a minha “sorte”. O meu intestino sempre foi preguiçoso, por isso já sabia qual me iria calhar! :)

  • Diarreia – coma 5/6 refeições por dia. Beba muitos líquidos. Evite: laticínios, comida gordurosa, picante, alimentos que provocam gases (ex.: brócolis e couve), alimentos ricos em fibras nem frutas e vegetais crus. E avisar as enfermeiras caso tenha 3 casos de diarreia seguidos.
  • Constipação – comer bastante fibras (deixam as fezes mais macias e aumentam o bolo fecal): Aveia, feijão, grão de bico, lentilhas, laranja, mamão, pera, uva, figo, maçã (com casca), manga, ameixa, mexerica, abacaxi, banana prata, cereais integrais, legumes, etc. Beber muitos líquidos. Se necessário fazer suco laxativo (escreverei nas receitas). Linhaça no café da manhã ajuda muito. Por vezes é necessário tomar um suplemento pré e/ou probiótico (fale com seu/sua nutricionista).

Pele ressecada e unhas “diferentes” – a pele pode ficar extremamente ressecada, vermelha e pode doer. As unhas podem ficar escuras, amarelas ou rachadas. As minhas ficaram escuras…entre o roxo e o preto! E ainda estão assim…nada que um esmalte não esconda!

  • Use e abuse de creme hidratante. O meu dermatologista me aconselhou o Cetaphil para o corpo e o Redermic para o rosto (dica: veja se tem algum amigo vindo dos USA pois lá é muito mais barato!). A minha pele do rosto nunca esteve tão boa. Parece bumbum de neném! Não use produtos com álcool na composição pois a pele fica muito sensível;
  • Ficar longe do sol! :(  Isto está a ser muito difícil;
  • Usar protetor “mil” no corpo inteiro;
  • Tomar banhos curtos e com água morna;
  • Unhas? Nada tem muito o que fazer, a não ser passar um esmalte escuro, andar com as unhas “aparadas” e usar luvas se for lavar a louça. Ou então passe para outro esta tarefa. O maridão lava a louça cá em casa! (ele já lavava antes – foi ele que me pediu para colocar isto :) )

Risco de sangramento – devido à redução de plaquetas, no sangue, existe um risco de sangramento ou hematomas por causa de pequenos cortes ou pancadas. Neste caso é necessário ter cuidados. Evitar cortes  todo o custo. Cuidado com facas, tesouras, Gillettes, a assoar o nariz, a escovar os dentes, não pratique esportes de risco, etc.

Infecções – o termômetro era meu fiel companheiro. Se tivesse a temperatura acima de 37.8ºC tinha que ir para o hospital. Aconteceu apenas uma vez. São inúmeros os tipos de infecções que podemos ter. Entre eles estão, infecções urinárias, rachaduras na pele, dores de cabeça, sangue na urina e/ou nas fezes, tosse com sangue, etc. Cada uma tem que ser tratada de uma forma. Eu tive sangue nas fezes e fui ao proctologista que me tratou. Para evitar infecções:

  • Lavar sempre as mãos (antes de comer ou cozinhar, depois de ir ao WC, depois de estar em locais públicos) e faça as pessoas que estão com você lavarem as mãos também;
  • Use constantemente álcool em gel;
  • Esteja sempre super limpinho (banho de manha e após defecar e, sempre de dentes e mãos lavados);
  • Fique longe de pessoas doentes, nem que seja com um simples resfriado;
  • Lavar frutas e legumes adequadamente com cloro;
  • Não corte as cutículas das unhas;
  • Evitar espaços com muita gente (ex.: shoppings e cinemas)
Me protegendo de lugares com muita gente :)

Me protegendo de lugares com muita gente :)

Nervos –  Os meus quimioterápicos podem (e causaram) Neuropatia Periférica. No meu caso, não foi muito forte mas ainda hoje me  incomoda. E o que é que é isto?! As minhas mãos e os meus pés ficaram dormentes, com sensação de formigamento constante. Não é o pior sintoma mas não é nada agradável. Por vezes era difícil abotoar as calças ou fazer coisas manuais mais delicadas. Este efeito colateral, se for mais intenso, pode causar problemas de movimento, tais como dor ao andar, queda, perder o equilíbrio (eu perdi um pouco), dores musculares e cansaço (estes 2 foram bem fortes), dificuldade em pegar coisas, dificuldade em ouvir, dores de estômago, etc.

Dores no corpo – são dores como as da sensação de gripe e para ajudar a passar, o médico prescreve o analgésico mais adequado. E o corpo dói!! Mas nada que uma guerreira não aguente.

Mudanças na mulher – o único efeito que pode ser permanente é a esterilidade da mulher e a menopausa precoce, como já falamos aqui. A mulher ficar estéril ou atingir precocemente a menopausa. A única solução é ser proativa e “fazer um seguro”, congelando óvulos ou embriões. Vide sobre este assunto no postÓvulos Atletas”. Ainda acho que não vou usar este seguro!!! Quanto às alterações sexuais, podem ser: secura e coceira na vagina, ondas de calor (ainda hoje!), infecções na vagina, falta de menstruação, estresse, cansaço e falta de apetite sexual. No entanto, é necessário ter precaução para não engravidar! Sugestões para este período de alterações na nossa feminilidade:

  • Use lubrificante vaginal durante a atividade sexual;
  • Use camisinha;
  • Fale com a sua ginecologista;
  • Fale com o seu parceiro e seja sincera;
  • Use brinquedinhos para aumentar o apetite sexual.

Todos os sintomas são temporários (GRAÇAS A DEUS), exceto o da possível esterilidade ou a menopausa precoce. Eu estou na luta psicológica aguardando que minha menstruação desça a qualquer dia. Acredito que ela vai descer…só tenho que aguardar. Para passar por todo este processo precisamos, acima de tudo de paciência, perseverança, uma inteligência emocional muito equilibrada, uma autoestima elevada e a família do lado.  Com estes ingredientes, tiramos de letra todo este processo. Vamos aprendendo, ao longo do tratamento como equilibrar todos estes fatores. É um aprendizado para  a vida.  Uma lição que aprendemos “na marra” e da qual conseguimos tirar vários aspectos positivos. Irei continuar falando sobre eles e mostrar como cheguei ao ponto de equilíbrio que me faz ver o câncer, não como uma doença mas sim como uma “cura”! 😉 yoga2

Agende uma sessão e dê um novo significado à doença e à sua vida. Marque a primeira sessão gratuita:vania castanheira Medical Coach

 

Assine o Blog

Receba as novidades e publicações no seu e-mail. Obrigado.

Siga também:
Instagram e Twitter @minhavidacomigo
Facebook https://www.facebook.com/MinhaVidaComigo
Youtube https://www.youtube.com/user/vaniacastanheira

179 Comentários to “A Rainha de Copas – Quimioterapia vermelha”

  1. Boa tarde, Vânia Castanheira. Excelente sua exposição e vontade de ajudar. Estou fazendo quimio, e vou para a quarta vermelhinha. Graças a Deus estou indo bem e fazendo uso do EMEND via oral. Você disse que seu Onco informou que o emend já é utiliz
    29 de março de 2016 às 15:05

    Boa tarde, Vânia Castanheira. Excelente sua exposição e vontade de ajudar. Estou fazendo quimio, e vou para a quarta vermelhinha. Graças a Deus estou indo bem e fazendo uso do EMEND via oral. Você disse que seu Onco informou que o emend já é utilizado via injetável. Estou preocupada com as pessoas que não têm acesso a tal medicação. Assim, gostaria, se possível, de saber quem fornece o emend, para que esse remédio seja fornecido para todos. Abraços, Salete.

    • 15 de abril de 2016 às 11:34

      Olá querida Salete,

      que bom que está tomando o Emend! Eu nao tive essa oportunidade. Creio que nao posso ajuda-la nesse assunto. tem que ver com o seu oncologista e com as enfermeiras no hospital. Deve ser politica do proprio hospital. O que é certo é que os convenios medicos já aprovaram o uso da medicacao.
      beijinhos grandes

  2. Salete Parreiras
    29 de março de 2016 às 14:30

    Boa tarde, Vânia Castanheira. Achei excelente a sua exposição e vontade de ajudar. Você disse que soube pelo seu Onco que o EMEND já é injetado na veia. Graças a Deus venho fazendo uso via oral. Mas, estou preocupada com as companheiras que não têm condição de ter acesso a esse remédio. Por isso, gostaria de onde você é e se os Planos de Saúde fornecem. Aguardo uma resposta, se possível for. Obrigada. Abraços. Salete Parreiras

  3. 21 de março de 2016 às 23:09

    Olá…
    Minha mulher está na primeira aplicação de quimioterapia vermelha por causa de câncer de mama. Minha dúvida e a dela está toda esclarecida quanto aos efeitos que ela vai ou pode sofrer; mas e eu?
    A nossa vida sexual pode ser normal? Quanto a beijos e até sexo oral nela… Pode ter problemas pra mim e/ou pra ela?
    Espero ansioso pela resposta.

    • 15 de abril de 2016 às 11:41

      Olá querido Tarcísio,
      obrigada pela sua mensagem e por apoiar a sua mulher neste momento dificil. É um momento muito dificil para os 2 e quanto mais se apoiarem e tiverem paciencia, melhor correrá este processo.

      Aconselho que leia o post que escrevi sobre sexo durante a quimioterapia: http://minhavidacomigo.com/2013/07/11/lets-talk-about-sex/

      A vida sexual de voces, durante este periodo, não precisa deixar de existir. Ela só vai ser um pouco diferente. A vagina da sua mulher vai perder lubrificacao. Para isso aconselho o uso de um hidratante vaginal. o apetite sexual dela tambem estara diminuido por isso tenha paciencia e seja carinhoso. Ela vai precisar do seu apoio, carinho e atençao. Leia o post que dou varias dicas.

      E lembre-se, isto é temporario. 😉

      Um grande beijinho aos 2

  4. Francielle
    17 de março de 2016 às 10:01

    Vania.. Não costumo fazer comentários nos blogs que leio!
    Minha mãe vai começar esse tratamento e saiba que esse artigo ajudou muito… Que bom ter pessoas como você, que ajudam o próximo mesmo na dificuldade!
    Que Deus a abençoe a cada dia!

    • 15 de abril de 2016 às 11:43

      Olá querida Francielle,
      muito obrigada por ter dedicado um tempinho com o seu comentario. Significa muito para mim. :)
      Um grande beijinho para vc e para a sua mãe

  5. Rita
    30 de janeiro de 2016 às 11:59

    Bom dia!

    Em dezembro/2015 descobri um tumor no joelho, grau 3 e começo a quimio ainda em fevereiro/2016.
    Começo com a vermelha e depois três mais leves. Depois, outra cirurgia para tentar salvar meu joelho.
    Estou lendo tudo o que me aparece.
    Vou cortar o cabelo curto, antes que comece a cair… vamos ver.

    Um abraço,

Escreva um comentário

*