Mitos da Musculação #1

Geralmente, quando as mulheres procuram um Personal Trainer e lhes é passado um treino de força, assustam-se e perguntam:

Será que eu vou ficar grande, muito forte e aumentar o peso e o volume?

Quem nos vai esclarecer esta dúvida é a Personal Trainer Daniele Facadio. A profissional que orienta os meus treinos.

“Vamos então esclarecer algumas ideias errôneas comuns em relação ao Treinamento de Força! Grande parte das mulheres tem medo destes treinos porque acham que os seus músculos vão aumentar de tamanho (hipertrofiar) excessivamente, perdendo assim a sua feminilidade.  Entretanto, os músculos de mulheres normais não hipertrofiam excessivamente. Faz parte da nossa genética.

Na verdade em muitos estudos já foram demonstrados resultados de diminuição de medidas, com estes treinos. O músculo é mais denso que a gordura. Ao aumentarmos o músculo e diminuirmos a gordura, as medidas diminuem. Mesmo que o peso na balança não mude ou até aumente. Isso sim é emagrecer. E, de brinde, fica com um corpo mais harmonioso e sem gordurinhas indesejadas. Ou seja, mais sequinho!força

Importante também referirmos que pode haver, contudo, dificuldade de algumas mulheres em perder gordura em certas regiões. Isto varia com o biótipo de cada mulher. E cabe ao profissional adequar o treino ao perfil de cada uma.

Algumas mulheres atingem hipertrofia acima da média? Sim, isso pode acontecer, e pode estar relacionado a vários fatores:

  • Concentração de hormônios que podem estimular a hipertrofia (aumento de massa muscular);
  • Resposta hormonal maior que a normal;
  • Disposição genética;
  • Capacidade para realizar um programa de treinamento de força mais intenso ou com maior volume.

Então meninas, com certeza vocês não vão ficar “grandes” e nem vão perder a feminilidade, se treinarem, com orientação. Outro fator a ter em atenção é a alimentação equilibrada. Qualquer atividade que você faça ajuda no gasto calórico, mas se você come alimentos gordurosos e ingere mais calorias do que gasta, provavelmente não vai ficar satisfeita com o resultado. Cuidando da alimentação, o treinamento de força só vai ajudar a eliminar as gordurinhas e ter uma composição corporal saudável e um corpo bonito.”

Entenderam? Emagrecer e perder peso são duas coisas diferentes. Emagrecer é perder gordura e perder peso pode ser gordura e/ou músculo. O sucesso para um corpo bonito e saudável é aliar uma boa alimentação a um treino de força. Tudo orientado por profissionais. procure um nutricionista e um personal trainer. O resultado desta parceria só pode ser positivo ;). Eu falo por experiência própria.

Obrigada Dani pela explicação ;)

Beijos e bom treino.

Siga também:
Instagram e Twitter @minhavidacomigo
Facebook https://www.facebook.com/MinhaVidaComigo
Youtube https://www.youtube.com/user/vaniacastanheira

Minha Vida na TV – Intolerâncias Alimentares na Vanguarda

Lembram-se do post sobre a intolerância à lactose (AQUI)? Então vão gostar deste curto programa de TV, na Madrugada Vanguarda, na afiliada da Rede Globo..

A primeira parte está aqui e a segunda parte será exibida na madrugada de sexta para sábado. Na semana que vem posto aqui. ;). Basta clicar na imagem que vai direto para o video. Assista a estes 6 minutos muito úteis.

Madrugada Vanguarda

Apresentado por Ana Paula Torquetti e com a participação da nutricionista da #minhavidateam, Mariana Ferri d”Ávila e da mãe (de uma menina com várias alergias alimentares) e blogueira Alessandra Campos.

Siga também:
Instagram e Twitter @minhavidacomigo
Facebook https://www.facebook.com/MinhaVidaComigo
Youtube https://www.youtube.com/user/vaniacastanheira

Minhas Dicas Nova York

Nesta viagem a Nova York, aprendi que, por vezes, ter expectativas elevadíssimas não é sinónimo de frustração garantida. Em certos casos, raros, é possível superar a bem dita e ter uma experiência incrível.

Neste post vou dar algumas dicas, baseadas na minha experiência. Se você for um pouquinho parecida/o comigo, não tem como não tirar o melhor proveito desta cidade INCRÍVEL!

Um lugar para ficar (turista) – Midtown, ali perto da Times Square. É central e dali parte todos os dias para os seus passeios. Eu fiquei na 48ª, no Best Western Plus President. Ah! e sem café da manhã (não vale o preço extra e fora podemos variar).Onde ficar Nova York

Melhor transporte – os pés! Grande parte da experiência incrível de NYC é nas caminhadas por entre os prédios que arranham os céus e nos fazem ter torcicolos, de tanto olhar para cima. A minha vontade era subir a todos para ver as vistas. E nos prédios menores, tinha vontade de subir pelas escadas de incêndio que tanto caracterizam a cidade. Vi-me em tantos filmes….ai ai! A arquitetura é mesmo espetacular!caminhada em NYC

Um restaurante – Nobu. Aqui tive a experiência gastronômica mais espetacular da minha vida. Ainda hoje, o meu estomago me pede um encore/reprise. Um restaurante que mistura a cozinha asiática com as experiências que o Chef Nobu adquiriu nas suas viagens por Tokyo, Peru, Argentina e muitos outros lugares. Um dos sócios é o Robert De Niro. No entanto, não nos cruzamos com ele. Pena. Não é muito barato mas vale a pena.NOBU

Um lugar para café da manhã – Le Pain Quotidien. Uma padaria orgânica e sustentável, de origem Belga. Pioneira na onde de restaurantes orgânicos na cidade. Com um bom gosto na decoração e uma criatividade na confecção dos pratos que deixa qualquer um com água na boca.  Uma opção mais econômica é o Roast Chicken. Você monta sua taça de iogurte com frutas e oleoginosas. É top! O Pret-a-Manger também tem preços mais acessíveis e tudo orgânico.Le pain

Um parque – O Central Park, claro. Passear de bike e também passear a pé pelos caminhos em que a bike não passa. Parece que estamos no campo. E tem lugares tão incríveis como: a Alice no País das Maravilhas, o huskie Balto, a Gapstow bridge (onde os meninos pedem em casamento as meninas. Se elas dizem não, jogam-nas ao lago), o Castelo Belvedere, o Bethesda Terrace onde se passaram (e passam) milhares de filmes, o Sheep Meadow onde as mulheres ficam de biquíni “lagarteando” ao sol, o memorial ao John Lennon  (Strawberry Fields), etc etc. etc. Leve uma canga na bolsa e descanse num dos gramadões do parque. Faça até um pic-nic! Para além do CP, existem outros parques incríveis como Washington Square e Bryant Park. Adorei! Ah! e amei o Highline! Adoro “verdes” no meio da “selva de pedra”.central park

Um museu – o que mais gostei foi o Metropolitan Museum (MET) pois tornei realidade a imagem de várias obras que apenas tinha na imaginação. Mas adorei todos os outros também. A dica: no verão, aos sábados, o ME fica aberto até as 21h e tem um “rooftop” onde se pode assistir ao por do sol e tomar um champanhe. Um museu que impressiona e muito é o memorial do 11 de Setembro. Abriu recentemente e não poupa a detalhes.MET

Um lugar para  morar – Greenwich Village/West Village. Super eclético, descontraído. Frequentado por artistas, profissionais liberais e pelos mais curiosos! Tem jeito de bairro mas é no centro da “capital do mundo”. Senti-me em casa!Greenwich village

No Domingo (ou sábado) – pegar o trem/metro até Williamsbourg. Um “bairro no bairro” Brooklyn que é encantador. Ao sábado e domingo as ruas (principalmente a rua Bedford) enchem-se de bancas de venda de coisas usadas e alternativas. O bairro é cheio de pessoas diferentes, artistas inusitados e hipsters. E pode, inclusive, visitar a fábrica de cerveja (Brooklyn Brewery). Gostei muito do Flea Market, o “mercado das pulgas” que acontece todo o Domingo.williamsburg

Uma ponte para fazer a pé– a Brooklyn Bridge, óbvio!!! Passei todas as pontes mas a Brooklyn Bridge tem o seu próprio encanto! Foi a primeira ponte suspensa de aço do mundo e foi inaugurada no final do século XIX. O senhor que a desenhou nem chegou a vê-la pronta. Morreu por que era bobo! Machucou-se numa perna e em vez de procurar um médico, preferiu tratar-se com homeopatia. Resultado, uma ferida simples, resultou numa morte, 3 semanas depois. Para além disso é linda, diferente e oferece uma vista estonteante de Manhattan. São 2km de sensações boas, por onde já passaram 21 elefantes para provar que a ponte era estável.Brooklyn Bridge

Uma época do ano para ir – Junho. Adorei ter ido no verão. Pouca roupa deixa-nos mais leves para os km de caminhadas diárias. E até dá para pegar uma corzinha saudável.

Para a caminhada – usar um bom par de ténis. De preferencia meio numero acima pois os pés podem inchar. Roupa confortável e leve. Uma bolsa a tiracolo, leve, ou uma mochila. Uma garrafa de água que vai enchendo a cada parada (os próprios restaurantes enchem se pedir). Carregar uma barra de cereal e uma fruta. Andar sempre com um casaquinho pois os lugares fechados estão sempre gelados, por causa do ar condicionado.dias NYC

Gorjetas – tem que dar sempre e variam entre 18% e 25%. Você escolhe. E paga com prazer pois o atendimento é sempre maravilhoso.

Água – não precisa gastar fortunas com água mineral. A água da torneira é boa, potável e é a que os nova-iorquinos tomam. Inclusive, nos restaurantes é o que servem assim que você senta na mesa.

Voltagem das tomadas – 110v

Compras – se pretende comprar alguma coisa e já tem uma lista, sugiro que compre pela Amazon ou noutro site, antes mesmo de ir e mande entregar no hotel. É bem mais barato do que em Manhattan, in loco. E assim também não tem que perder tempo procurando o que precisa. Aproveite para passear e compre somente os extras.

Um Bus – Fazer um dia de “Hop on Hop Off” vale super a pena. Nós fizemos mais no final porque o que mais queríamos era conhecer TUDO a pé. De norte a sul, leste a este. Movimentarmo-nos como se morássemos na ilha. Este passeio de bus consolida o que já se conheceu e ainda se aprende mais alguma coisinha com o guia que vai explicando o que estamos vendo. E assim também podemos ir até aos bairros que não exploramos tão bem (no nosso caso, o Harlem). Vale a pena também o tour noturno. A cidade é tão linda de dia como de noite.Hop on hop off

Um show – tem que ir num show da Broadway, pelo menos! Só tenho uma palavra e uma expressão facial. Uau! E boca aberta!Chicago Broadway

Uma loja para ser criança sempre – FAO Swarz. Quem não conhece esta loja do “Esqueceram de mim”/”Sozinho em casa” e também do piano gigante do “BIG”?!

Uma loja para se sonhar – loja de sapatos Louboutin. Oh my! Cada mulher sente-se uma Carrie Bradshaw (“Sex and the City”) lá dentro. Até enfrenta uma fila de espera (5minutos) para poder entrar.louboutin ny

Uma vista incrível – a minha de eleição é do “Top of the Rock”, no Rockefeller Center. Deu-me vontade de chorar quando cheguei lá em cima e vi Manhattan a meus pés! A segunda vista que mais gostei foi a partir do Brooklyn Bridge Park, embaixo da Brooklyn Bridge. Também gostei da do Ferry (gratuito) que vai para Staten Island.top of the rock

Brooklyn Bridge ParkManhattan ferryUm happy hour num terraço (rooftop) – adorei o rooftop do hotel The Strand. A vista privilegiada é do Empire State Building. Ver a noite cair com esta vista é….Não tenho palavras. the strand

O melhor hambúrguer do mundo – J.G Melon. Tem 50 anos e só aceita dinheiro. Está no bairro mais chique de Manhattan, o Upper East Side, mas é super descolado e é tranquilo. Está sempre lotado e é frequentado por famosos. E o melhor…não tem turistas! É frequentado por locais mesmo! Quem assistiu o filme Kramer Vs Kramer já conhece este local pela “telinha”. ;)

Um supermercado orgânico e saudável – Whoole foods. Uma perdição de gostosuras saudáveis! Um pouco caras mas espetaculares. Diferentes!

Uma tentação a ceder – em cada esquina existe uma chocolataria da Godiva ou da Lindt! E na frente do meu hotel ficava a Hersheys e a M&Ms….Ahhhh, socorro! :)

Guias e aplicativos práticos - levar um mapa em mãos e ler o Lonely Planet. Consultar o site da revista Time Out, durante 2 semanas antes da viagem e nas semanas da viagem. Baixar o aplicativo Yelp, Zatar, o do Central park e o Today Tix (para ingressos mais baratos para os shows da Broadway) no celular. Prepare bem sua viagem à “Big Apple”e assim aproveita bem casa segundinho. :) guia ny

Pronto estas são algumas dicas selecionadas. Se for escrever as dicas bairro a bairro ou por assuntos como, museus, parques, restaurantes, bares, doces, etc., vocês já não precisariam ir em Nova York e eu não faria mais nada se não escrever sobre a cidade ;)

Bye Bye e bom passeio ;).

Nota – a maior parte das fotos foram tiradas pelo maridão Rodrigo Roveri. ;)

Siga também:
Instagram e Twitter @minhavidacomigo
Facebook https://www.facebook.com/MinhaVidaComigo
Youtube https://www.youtube.com/user/vaniacastanheira

Sean Swarner – Histórias que inspiram #5

Há histórias incríveis. Ficamos sabendo, diariamente, pelos telejornais, de histórias que não mudam em nada a nossa vida. Só aguçam a nossa curiosidade pela desgraça e ocupam o nosso tempo. No entanto, há histórias que nos fazem pensar e podem, inclusivé, ter um reflexo positivo nas nossas vidas.

A história do Sean Swarner é uma delas. A minha mãe disse-me que ele esteve em Portugal a dar uma palestra para doentes e profissionais que lidam com o câncer/cancro. E eu fui saber mais sobre este senhor. Sobreviveu, na adolescência, a dois canceres/cancros que diziam ser incuráveis e mais tarde, com os pulmões fracos e depois de ter estado em coma, foi escalar o Monte Everest. Tal como eu tive vontade quando terminei os tratamentos. E ele conseguiu! Ou seja, já não vou ser eu a primeira sobrevivente de cancer a chegar ao pico do Evereste :). Foi ele!! Não só conseguiu como hoje em dia é alpinista, palestrante e escritor.

Vejam este video abaixo ativem as legendas.

Go Sean!

Intolerância à Lactose

Intolerância a lactose é a incapacidade, seja ela total ou parcial, do organismo de digerir o açúcar do leite (lactose), presente também em seus derivados. Assim sendo, a pessoa intolerante não produz quantidade suficiente da enzima digestiva (lactase) responsável pela digestão da lactose que acaba sendo fermentada por bactérias, o que resulta nos principais sintomas que são:

-Náusea;
-Gases;
-Má digestão;
-Irritação intestinal;
-Aumento do volume abdominal;
-Diarreia ou constipação intestinal (intestino preso)intolerancia a lactose

Os sintomas podem tanto aparecer logo após a ingestão de leite ou somente depois de algumas horas, dependendo da quantidade de lactose que cada organismo tolera combinado com a quantidade de alimento ingerido pela pessoa.

QUEM ATINGE?

Pode atingir bebês, crianças e adultos.

Normalmente após os 5 anos de idade o organismo humano diminui a produção da enzima lactase devido a redução da necessidade de consumo do leite.

Muita gente só percebe essa intolerância algum tempo depois, quando, por algum motivo, deixa de consumir o leite e percebe que sua saúde melhorou.

Segundo dados brasileiros, cerca de 70% da população adulta tem algum tipo de intolerância após o consumo do leite e seus derivados, no entanto, essa intolerância tem vários graus e não necessariamente indica que todos devem retirar todo o tipo de leite e derivados.

DIAGNÓSTICO:

Existem alguns exames que podem ser solicitados pelo profissional que o acompanha, para que se possa diagnosticar o problema:

-Teste de tolerância à lactose: o paciente ingere uma dose concentrada de lactose e durante um período de tempo são coletadas várias amostras de sangue para que assim possam ser medidos os níveis de glicose. Se  a concentração de glicose no sangue quase não sofrer alteração ou se essa alteração gerar uma curva característica, significa que a pessoa tem intolerância, pois a lactose não foi quebrada. Cabe então ao profissional verificar qual o grau de intolerância que esse paciente sofre.

-Hidrogênio exalado: mede a quantidade de hidrogênio presente na respiração após a ingestão de lactose. Em situações normais essa quantidade é bem pequena, mas quando as bactérias do intestino grosso fermentam a lactose que não foi digerida, vários gases são produzidos, inclusive o hidrogênio, que é por fim exalado. Quando é detectado um nível elevado de hidrogênio, isso indica uma digestão inadequada de lactose.

-Teste de pH das fezes: indicado para crianças, consiste em verificar o pH e a coloração das fezes uma vez que os gases produzidos e os açucares não digeridos alteram esses aspectos.

É sempre bom lembrar que cada pessoa deve estar atenta ao seu próprio organismo, pois ninguém melhor do que ela para avaliar o seu limite com relação à ingestão do leite e seus derivados.

TRATAMENTO

Não existe nenhum tratamento para que se aumente a produção de lactase no organismo, mas o que se pode fazer é uma dieta controlada de alimentos que possuam lactose além de alguns medicamentos, como o uso da própria enzima lactase, sempre com orientação de um profissional.

Como já foi dito, é muito importante que cada indivíduo teste seus limites para assim descobrir o seu próprio nível de intolerância.

Uma pessoa com intolerância pode tolerar de 55 a 115 gramas de leite sem ter sintomas. Porções maiores do que isto podem causar problemas para quem tem deficiência de lactase.

O QUE EVITAR:

-Leite de vaca e de cabra e todos os seus derivados, além de produtos e receitas que os utilizam em sua preparação;
-Cápsulas gelatinosas com lactose;
-Adoçantes em pó.

intolerancia lactose vaca

OPÇÕES PARA INTOLERANTES:

-Leite com baixa lactose (já existem alguns com 90% a menos de redução);
-Leite de soja;
-Leite de arroz;
-Alguns locais vendem bolos, tortas e outros produtos que não contenham lactose em sua preparação.

 

MAS SE EU TIRAR O LEITE, COMO FAREI COM O CALCIO QUE É TÃO IMPORTANTE PARA MEU ORGANISMO?

A ausência de leite na dieta pode levar a uma deficiência de cálcio, proteína e vitamina D, por isso é preciso encontrar novas maneiras de acrescentar cálcio à dieta.

Comer alimentos que tenham mais cálcio passa a ser muito importante. O ideal é consumir folhas verdes, salmão, camarão, brócolis, laranja e outros alimentos ricos em cálcio.

Se necessário, o individuo pode ser orientado para fazer uso de suplementos nutricionais.

Ler sempre os rótulos dos alimentos é muito importante, pois mesmo em produtos não lácteos a lactose pode ser encontrada, como é o caso de algumas cervejas.

Caso você desconfie que seja intolerante a lactose, procure ajuda e faça exames antes de tomar qualquer tipo de decisão, para evitar lesão no seu organismo.

Texto escrito pela nutricionista Mariana Ferri d’Ávila. Obrigada :)

Fontes:

Genauer CH, Hammer HF. Maldigestion and malabsorption. In: Feldman M, Friedman LS, Sleisenger MH, eds. Sleisenger & Fordtran’s Gastrointestinal and Liver Disease. 9th ed. Philadelphia, Pa: Saunders Elsevier; 2010: chap 101.

Lactose intolerance. The National Digestive Diseases Information Clearinghouse (NDDIC). NIH Publication No. 09-2751. June 2009.

Aniversário em Nova York

33 anos, sobrevivi a um câncer de mama há menos de um ano e sempre tive o sonho de conhecer (para não dizer morar durante uns meses para fazer um curso) Nova York. Durante quase 10 anos tentei passar lá meu aniversário. Mas acontecia sempre alguma coisa que me impedia: falta de dinheiro ou muito trabalho ou ter que ir em Portugal,….ou, no ano passado, um câncer! O meteoro que entrou na minha vida. Coisas! :/

Quando o marido, 3 semanas antes do meu “Bday” me diz que comprou passagens para passarmos o meu níver de 33 anos (30 de Junho) na “Big Apple”, eu não acreditei. A primeira sensação foi medo. “O que é que vai acontecer agora que vai impedir esta viagem?!”. A segunda foi “mas acabamos de chegar de Portugal e em Agosto começo meu MBA…será que temos dinheiro?!”. E finalmente, a 3ª e última foi “Meu Deus e meu Maridão, obrigada. Muito obrigada por tornarem isto possível e por fazerem parte da minha vida. Vou estudar ainda mais a cidade que sinto que já conheço e preparar a melhor viagem das nossas vidas! Obrigada!”.

E assim foi! Querem saber o que escolhi para o meu Bday??

Brunch (mas na verdade foi café da manhã) no Sarabeth's do Central Park (as meninas chiques do Gossip Girl adoravam ir lá)

Brunch (mas na verdade foi café da manhã) no Sarabeth’s do Central Park (as meninas chiques do Gossip Girl adoravam ir lá)

Passeio de 22 km de bike pelo Central Park

Passeio de 22 km de bike pelo Central Park

Passear pelo Chelsea e Chelsea Market

Passear pelo Chelsea Market

Passear pelo Hihline de uma ponta à outra

Passear pelo Highline (antiga ferrovia que hoje foi transformada em Jardim) de uma ponta à outra

Passear pelas dezenas de galerias de rua do distrito do Chelsea

Passear pelas dezenas de galerias de rua do distrito do Chelsea

Jantar no incrível Buddakan e depois passear no MeatPacking (distrito colado no Chelsea - antigo matadouro mas hoje em dia cheio de barzinhos)

Jantar no incrível Buddakan e depois passear no MeatPacking (distrito colado no Chelsea – antigo matadouro mas hoje em dia cheio de barzinhos)

O maridão diz que este foi o dia que ele mais gostou. Eu gostei de todos mas este foi sim, especial :).

Bye Bye :)

O que é meu é teu #2

Carequinhas e cabeludas do mundo, estão cheias de sorte! Quem está no hemisfério norte está no verão, com calorzinho, na altura altura de férias. mmmm…adoro! E quem está no hemisfério sul tem sempre uns diazinhos de calor no inverno. Por isso, tenho (juntamente com a Swimmie Swimwear) para vos oferecer um maiô/fato de banho super fofinho! E numa cor que vai combinar com um bronze lindo!Fato banho SS

E sabem o mais interessante? Os maiôs/fatos de banho Sweemie têm um reforço para o suporte da mama. Desenhados para ocultar marcas de mastectomia, têm bolsas para colocação de próteses ou para almofadas de enchimento.” Se isto não é incrível, então não sei….Ou seja, desta forma, qualquer mulher pode se sentir linda, natural e confortável na praia ou na piscina. 

E para se habilitarem a ganhar este maiô/fato de banho fofuxo, cujo valor é de R$280/92€ (S, M ou L), basta apenas:

  • fazer um like na página da SWEEMIE
  • fazer um like na página do MINHA VIDA COMIGO
  • partilhar este passatempo na sua página do Facebook
  • fazer 1 comentário neste post (no Facebook) com o nome de 3 amigas – marca-las (para elas também ficarem a conhecer o passatempo).

Pode participar até ao dia 23 quarta feira às 23h59m e só é válido para as participantes que cumprirem todos os requisitos. O sorteio, efetuado através do www.random.org, será publicado no dia 24 de Julho. Aqui e na página da Sweemie Swimwear. E a vencedora será contactada por email ou via facebook, pela Sweemie Swimwear.

Simples não é?

Boa sorte lindonas ;)

“Noodles” à la Vânia com cogumelos

Que saudades de cozinhar!! 11 dias comendo fora de casa e agora só me apetece comer na “minha cozinha”. Principalmente hoje que é feriado. Comida saudável, com densidade nutritiva e, ao mesmo tempo gostosa. E a minha cobaia é o maridão, como sempre. Como foi aprovado, partilho com vocês esta receita, para 2 pessoas.Noddles de vegetais

Tempo de preparação 15minutos.

Ingredientes:

  • 1 cenoura
  • 2 abobrinhas/courgettes
  • 6 tomates italianinhos ou cereja
  • 2 dentes de alho
  • 200gr de cogumelos (usei champignon)
  • 1/2 xicara de quinoa (cozida vira 1 inteira)
  • 2 files mignons (cada 1 com 80gr) – isto é opcional pois o meu foi para o prato do maridão. Nem precisa. Aliás eu até prefiro sem carne vermelha (que não é nada detox).
  • Manteiga ghee para refogar
  • azeite de oliva qb para tempero final no prato
  • sal e pimenta preta qb

Modo de Preparo:

  • por a quinoa para cozer (com o dobro da água) – 10min
  • Cortar/ralar as abobrinhas/courgettes e a cenoura em formato de noodles, como se fosse esparguete. Se não tiver este aparelhinho mágico, use o descascador de vegetais para criar as tiras longas.
  • Numa frigideira, esquente um pouco de manteiga ghee. Acrescente os alhos picados. Em seguida, os cogumelos. Deixe uns 4/5 minutos e depois acrescente os legumes em formato esparguete. Vá mexendo de vez em quando durante os próximos 7/8 minutos. Assim os “noodles” vão ficar maciozinhos. Tempere c sal e pimenta a gosto; Enquanto isto,
  • Esquente a panela grill de cerâmica, no fogo alto. Passe um pouco de ghee e sal nos bifes. Quando estiver bem quente coloque os nacos de carne. Forte de um lado e do outro e retire. É super rápido para quem gosta mal passado quase no ponto.
  • Pronto, é só colocar no prato e mangiare…

Utensilios que usei (e adoro):

Panela para cozer quinoa. Frigideira para refogar cogumelos e "noodles". Grill de ceramica para a carne. máquina mágica que corta os vegetais em esparguete.

Panela para cozer quinoa. Frigideira para refogar cogumelos e “noodles”. Grill de ceramica para a carne. máquina mágica que corta os vegetais em esparguete.

Bon Appetit!!!

Siga também:
Instagram e Twitter @minhavidacomigo
Facebook https://www.facebook.com/MinhaVidaComigo
Youtube https://www.youtube.com/user/vaniacastanheira

New York, New York

Realizei um sonho e voltei ainda mais sonhadora. Conhecer Nova York! Para ir mais longe neste sonho seria morar lá de 3 a 6 meses, fazendo um curso e trabalhando de lá!

NYC (New York City) é uma cidade à parte. Diferente das outras cidades. Tem a sua própria magia e cada pessoa olha para ela à sua maneira. Eu tenho 33 anos influenciados pelas mensagens dos filmes, seriados e do show business. Sou um produto 100% cinematográfico. Por isso, sentia-me numa cidade cenográfica ou num palco da Broadway. Acordava cheia de adrenalina no corpo e deitava-me como se tivesse tomado um sonífero. Com a energia que percorreu o meu corpo nestes 11 dias poderia ter montado uma Usina elétrica! Quem sofreu com isto foi o maridão que teve que caminhar como nunca caminhou na vida! :)

E para não perder nadica de nada, usei óculos de grau (que só uso no laptop e para assistir TV) o tempo todo! A cidade respira arte. Desde as pequenas galerias em Chelsea até aos grandes museus como MOMA, MET ou Guggenheim. A arquitetura é eximia. Não sei como é que não fiquei com nenhum torcicolo. As vitrines das padarias, das chocolaterias, das sapatarias, joalherias, das…..ai ai… as vitrines! Os shows de rua, em cada esquina, praça, pracinha, parque, parquinho, metro,…NY tem sempre música! Tem também performances de rua com dançarinos, atores, patinação, pulando corda, etc etc etc. A cidade é muito viva e eu não podia perder nem 1cm de visão dela, já que eu me sentia tão viva quanto ela. :)

Posso dizer que palmilhamos um pouco por toda a ilha de Manhattan (um dos 5 boroughs – que é algo entre bairro e cidade- de NY). Dentro da ilha existem vários bairros e nós andamos por todos eles: Downtown, Midtown, Upper West Side, Upper East Side, Harlem, Morningside Heights, East Village, Lower East Side, Soho, Chinatown, Bowery, Central Park, Tribeca, Theatre District, Little Italy, Financial District, Union Square, Flatiron, Greenwich Village, Chelsea, Meatpacking e Village. Para além de Manhattan, também andamos por outro borough de Nova York, o Brooklyn.nova york bairros

11 dias. 209 km caminhados. 22 km andados de bike. Centenas de km de Bus e metro.

Vou fazer posts separados com informações e dicas especificas. Cada pessoa tem a sua experiência nesta cidade e eu quero vos passar a minha. ;) Por agora, fiquem com algumas fotos, tiradas pelo maridão Rodrigo RoveriNova Yorktop Of the ROCKNova YorkNova Yorkmigo e tigo nova yorkCentral ParkManhattanManhattanNew YorkNova YorkNova YorkEmpire state BuildingFriends prédioManhattanCentral ParkNova yorkNova YorkMahnattanMetropolitan MuseumRoosevelt tramVista da Ilha RooseveltWilliamsbourgh BrooklynNew yorkbike central parknew york mapChelsea marketHigh LineHigh LineGhostbustersWorld Trade centerWTCMemorial 9/11Nova YorkCharging BullManhattanCentral parkChicagoTribunal NYCBridgeNYCmalcom xMuseu da Cidade de NYNYCMNYCBrooklyn Bridge parkBrooklyn Bridge ParkLouboutinMetropolitan MuseumBrooklyn Bridge4 de JulhoBrooklyn Bridge

Bye Bye. ;)

Siga também:
Instagram e Twitter @minhavidacomigo
Facebook https://www.facebook.com/MinhaVidaComigo
Youtube https://www.youtube.com/user/vaniacastanheira

33 anos para mim! 1 ano para o Minha Vida Comigo!

Há um ano atras, este dia (30 de Junho) começou assim…. Escrevendo neste blog, pela primeira vez (este post AQUI). Iniciando um projeto que, mal sabia eu, iria mudar a minha vida e ajudar a vida de muita gente. Estava sentada, na minha casa, cansada, careca, sem cilios, sem sobrancelhas mas com muita, muita vontade de viver. Viver com “V”  maiúsculo! Com alma, com garra, com gana!! Aproveitar a vida, mesmo.
Hoje, 1 ano depois, estou aqui, aproveitando realmente a vida, em Nova York, com o maridão, comemorando o bom que é estarmos vivos, com saúde e com capacidade para caminhar entre 15 e 25km por dia. (Por isso chego no hotel sem forças para escrever…rs). Ele ofereceu-me a viagem dos meus sonhos. A qual tínhamos programado fazer no ano passado e “engravidarmos” durante a mesma. Mas o destino não quis assim e ele sabe o que faz! Nao nos cabe a nos questionar mas apenas entender e acreditar.
Nos proximos dias vou contar tudo o que tenho passado e voltar a escrever os posts relacionados com saude, bem-estar (para quem esta e para quem nao esta em tratamento) e qualidade de vida. Mas hoje, vou aproveitar cada minuto deste meu ” B day”. Comemorar por estar completando 33 anos de vida. Apenas os primeiros 33… E ao mesmo tempo, completo meses de renascimento…apenas 8 meses! E o blog 1 ano de vida. S’o comemorações :).
Parabens para mim, agora cabeluda! Parabens para o Minha Vida Comigo!vania castanheira

PS – Todos os dias posto no Instagram…acompanhe ;) @minhavidacomigo

Bye bye ;)

Treino funcional ou musculação?

Afinal o que é o treino funcional? Tenho recebido esta questão em mensagens pelo FB e vamos lá esclarecer. Os exercícios funcionais movimentam o corpo todo de forma integrada. “São exercícios que integram movimentos de membros superiores e inferiores, aumentando a demanda energética”, como diz a minha professora Danielle Facadio.  E a musculação funciona através da hipertofria muscular com pesos e em regiões especificas.

O Funcional é feito através de movimentos naturais do ser humano: pular, correr, puxar, agachar, girar, empurrar, etc.  A pessoa ganha força, equilíbrio, flexibilidade, condicionamento, resistência e agilidade. “Ajuda a prevenir lesões, a reduzir o % de gordura (trabalhando com a frequência cardíaca entre os 75 e os 85%), a emagrecer, a definir a musculatura e a melhorar o condicionamento cardiovascular”, diz Dani Facadio. Podem ser usados acessórios tais como elásticos, cordas, bolas, cones, discos, TRX, kettlebell, etc. Assim, com os acessórios, conseguimos trabalhar a musculatura mais profunda.

O treino funcional também tem a vantagem de poder ser praticado fora da academia. Seja na praia, na rua, em casa, em viagem, etc. #sem desculpas. Outra coisa que adoro é porque não existe monotonia. Existe uma combinação de várias modalidades como o aeróbio, equilíbrio e força.vania castanheira funcional

http://youtu.be/bgBbvUzuIic

treino funcional (video do exercício acima)

Neste momento, o meu treino que sofreu uma pausa de 30 dias nos treinos funcionais devido à cirurgia de retirada do meu “amigo do peito”, vulgo cateter, foi preparado pela Dani e é da seguinte forma: “pouca carga com movimentos constantes, pausa de 20s a cada 4 exercícios!!!  Foco na preparação do movimento, em empurrar, dominar o joelho e corrigir a postura. Ah! E sem esquecer de deixar os glúteos durinhos sim!!!”.funcional vania castanheira

Incrível, adoro, viciei! Pratico 3 vezes por semana. ;)

Siga também:
Instagram e Twitter @minhavidacomigo
Facebook https://www.facebook.com/MinhaVidaComigo
Youtube https://www.youtube.com/user/vaniacastanheira

 

Alimentação e TPM

A famosa TPM, tensão pré-menstrual, são um conjunto de sintomas que começam a aparecer cerca de dez dias antes da menstruação e desaparecem logo após seu inicio. Entre esses sintomas estão tristeza, irritabilidade, inchaço e até mesmo enxaqueca, agitação, crises de choro, oscilação de humor (causada pela queda de serotonina, responsável, entre outras coisas, por regular o humor) e algumas ficam mais agressivas.

Podem chegar a 200 os sintomas ligados a TPM e esses sintomas acontecem porque existe uma grande variação hormonal nesse período, especialmente do estrógeno e da progesterona, já que o organismo está se preparando para a gravidez.

A nutri Mariana Ferri d’Àvila vai nos dar um “help” para que este período do mês seja mais leve. “Todos esses sintomas podem ser controlados e amenizados com uma simples melhora dos hábitos alimentares. Alguns estudos demonstraram que existe deficiência de alguns nutrientes durante o período menstrual, e equilibrar esses nutrientes é um tratamento eficaz para os sintomas da TPM.

Atitudes alimentares que podem ser tomadas para minimizar esses sintomas:

Alimentos anti-TPM

Alimentos anti-TPM

-Beber bastante água, água de coco e chás diuréticos (carqueja, cavalinha e hibisco), mas todos sem açúcar: isso evita a retenção de liquido e ajuda a eliminar toxinas do organismo, isso faz com que o inchaço do corpo diminua. Tem mulheres que chegam a aumentar 2kg do peso corporal nessa fase.

-Aumentar a quantidade de magnésio ingerida: esse mineral também pode reduzir a retenção de líquidos, além de diminuir a vontade de comer doces, dores de cabeça, cansaço, irritabilidade e ansiedade. Os alimentos com magnésio são: aveia, beterraba, quiabo, abacate, banana, figo, verduras de folhas escuras, nozes, frutos do mar, soja, cereais, amêndoas, castanhas, damasco, melão, arroz integral, milho, lentilha entre outros. Você deve começar a consumir mais esses alimentos no 20º dia do ciclo menstrual. Caso prefira, pode procurar um profissional para suplementar.

-O consumo de soja deve ser incentivado, pois por conter isoflavona pode ajudar a diminuir as dores nos seios. Mas sempre dê preferência ao tofu, que é uma fonte mais saudável proveniente da soja. – Como o intestino é um dos responsáveis por eliminar inúmeras toxinas do organismo, incluindo algumas responsáveis pelos sintomas da TPM, é fundamental que seja mantida uma alimentação rica em fibras, como aveias, cereais em geral e produtos integrais.

- Alimentos ricos em vitaminas do complexo B, principalmente as B1, B2 e B6 podem ajudar a diminuir aquela ansiedade e angustia sentimentos comuns nesse período na TPM. Esses alimentos são: cereais integrais, leguminosas, nozes, ovo, carne, vegetais de folhas verdes e banana (especialmente B6). Estudos mostram que se consumir 1 banana ao dia, os sintomas reduzem até 30%.

- Suplementos a base de óleo de prímula são muito utilizados para combater a TPM, mas ainda é controverso seu consumo para essa finalidade. Na prática clinica, eu observo uma melhora significativa relatada pelas minhas pacientes.

- E por último, porém não mais importante, o chocolate. Sim, ele ajuda muito na TPM, mas para evitar compulsão, opte pelo chocolate com mais de 50% de cacau, que é o mais indicado por ser mais saudável ter mais benefícios nos sintomas. Só não ultrapasse 25g no dia.

Alimentos a evitar na TPM

Alimentos a evitar na TPM

-Diminuir a quantidade de sal ingerida assim como embutidos, condimentos e enlatados: o sal presente nesses alimentos aumenta a retenção de líquidos, o que agrava alguns sintomas da TPM como dores nos seis, inchaço e dores na região abdominal.

-Evitar alimentos que contenham cafeína: refrigerantes a base de cola, guaraná, café e chá mate devem ser evitados, pois agravam sintomas como dores de cabeça, irritabilidade e insônia. Se você é daquelas que não abre mão do café, tome no máximo 2 xícaras pequenas no dia. Qualquer dúvida, procure um profissional para te indicar a melhor solução e adequar a dieta e suplementação no controle da TPM.

Nutricionista Mariana Ferri d´Avila

Siga também:
Instagram e Twitter @minhavidacomigo
Facebook https://www.facebook.com/MinhaVidaComigo
Youtube https://www.youtube.com/user/vaniacastanheira

Namoro e Expectativas

Como hoje é dia dos namorados, resolvi escrever sobre algo que fui aprendendo. Na tentativa erro, claro. E para complementar a minha opinião fui falar com a Cris, Psicóloga e terapeuta sexual. Vem ver ;).

Namoro, casamento, relacionamentos andam sempre com as “malditas” expectativas atreladas. Porquê malditas? Porque são elas que nos frustram, que nos desanimam, que nos fazem pensar que não existe “tampa para a nossa panela”, “metade para a nossa laranja” nem “chinelo para o nosso pé cansado”.  Acabamos assim por pôr de lado relacionamentos que até poderiam ter um bom futuro.

E de que depende esse nosso futuro, com o nosso “príncipe /princesa encantado/a”?

De honestidade e paciência.

Isso de ser tudo 100% logo no inicio- seja sexo, orgasmos em todas as transas, seja afinidade no dia a dia, adivinhar o que o outro está pensando, fazer o outro feliz e conseguir que o outro nos faça felizes-  não vem do nada. Não acontece no primeiro encontro, no amor à primeira vista! Isso é química apenas. Não é como o beijo do príncipe na bela adormecida. A vida real é diferente. Nós podemos enfeita-la e deixa-la super colorida (aliás devemos faze-lo). No entanto, temos que ter a real consciência que para sermos felizes, sozinhos ou num relacionamento, depende, unicamente, de NÓS!

Cris Borges é Psicóloga e Especialista em Saúde Sexual (já falei dela outras vezes). Ela é entendida no quesito relacionamento entre duas pessoas. Então, porque sou muito curiosa, perguntei-lhe qual era a maior queixa dos pacientes dela. E ela, sempre prontamente, respondeu:

“Mulheres – falta de desejo e dificuldade em ter orgasmo;
Homens – desinteresse da companheira em relação à atividade sexual.

O que acontece nesse descompasso é que o ciclo de resposta sexual do homem e da mulher são diferentes e somado a isso, se os dois não estiverem “sintonizados” na relação, sendo honestos consigo mesmos e com o companheiro, as expectativas geralmente resultam em frustração.”NAMORO frustracao

Será que se o casal conversasse sobre as suas expectativas, receios, interesses e desinteresses, não poderia ser mais feliz em todas as áreas do relacionamento? Seja na cama, seja nas atividades do dia a dia, seja na lide da casa, na organização com as crianças, etc?! Quando esperamos que a outra pessoa adivinhe o que nós estamos pensando ou querendo, já estamos pedindo para nos frustrarmos, ficarmos tristes e pensarmos que o nosso “plus one” não gosta verdadeiramente de nós porque “não nos conhece”.  Ao invés disso podemos dizer realmente o que queremos/esperamos e assim,  poupamos o nosso sofrimento e um desgaste desnecessário na nossa relação.

Como a Cris refere, “Somos singulares e nossas relações devem ser também. Dividir a intimidade com uma pessoa é diferente de dividir com outra. Deve-se, portanto, sempre respeitar os vínculos formados e as novas possibilidades de cada contexto. Uma regra muito significativa para um casal pode ser estranha para outro. Tal como o amor e o respeito, a honestidade e a percepção do outro são fundamentais para que uma relação seja saudável e prazerosa.”migo e tigo

Aproveite o dia dos Namorados, hoje, e o dia de Santo Antônio amanhã, para pensar que tipo de pessoa quer ser no seu relacionamento amoroso, que tipo de relacionamento você quer ter…e “dê um tempo” à expectativa ;)

Ah! E seja feliz, muito ;) !!! E namore….muito!

Siga também:
Instagram e Twitter @minhavidacomigo
Facebook https://www.facebook.com/MinhaVidaComigo
Youtube https://www.youtube.com/user/vaniacastanheira

Frequência cardiaca – Aptidão cardiorespiratória

Para avaliarmos a nossa aptidão cardiorrespiratória, é necessário fazer um teste de esforço. Este pode ser feito na esteira/passadeira ou numa bicicleta ergométrica e sempre acompanhado de um médico.

Eu fiz numa esteira com um Cardiologista.  O médico fez um teste de esforço em que ia aumentado velocidade e inclinação. E eu ia correndo até ficar com os “bofes de fora”. Como diz a minha personal Danielle Facadio, “este teste permite a obtenção dos principais índices de limitação funcional cardiorrespiratória, o consumo máximo de oxigênio (VO2max) e o  limiar anaeróbio (LA), sabendo-se assim a frequência cardíaca máxima de esforço.” Basicamente, depois do teste ficamos sabendo qual a nossa FCM (frequência cardiaca máxima) para não nos dar um “piripaque”.  “Bofes de fora” valem mas “piripaques” não!

De resultados na mão, a Dani prepara os meus treinos. Sejam eles corrida, spinning ou musculação. “O objetivo é mensurar a intensidade do treino, melhorando seu autoconhecimento e permitindo uma organização de treino apropriada ao seu objetivo. Além de  manter seu treino com uma intensidade segura minimizando a ocorrência de prejuízos funcionais.”, diz a Dani.

Com estes resultados também podemos achar “o  limiar anaeróbio, que representa uma intensidade de esforço em que ocorre o estado estável do exercício. Isto possibilita a manutenção do exercício de longa duração, grande utilização de ácidos graxos (gordurinhas indesejadas) como energia e um aumento da aptidão física cardiorrespiratória.” Se isto não é incrível então não sei o que possa ser!!! Descobrirmos como funciona a nossa máquina é a melhor coisa que podemos fazer conosco próprios.

“Nota: O teste de esforço  com o Cardiologista é diferente da Avaliação Física. Ele avalia a sua frequência cardíaca máxima, para ser usada durante os exercícios físicos. Portanto, procure um profissional de educação física para saber qual usar com segurança.”

Obrigada Danielle Facádio, mais uma vez, por nos fazer entender a importância de cada etapa importante quando praticamos atividades físicas. E por cuidar do meu <3, do meu #coxãomole e por por o meu #bumbumnalua. ;)

Cúrcuma/Açafrão – A kriptonita do câncer

O cúrcuma (ou açafrão da índia) tem propriedades incríveis. E nós apenas utilizamos para dar aquela corzinha amarela ao curry. Mas quando souberem as propriedades anti-inflamatórias dele, com certeza vão pôr na próxima listinha de compras do supermercado.curcuma

É o ingrediente nutricional mais anti-inflamatório que existe, NO MUNDO! Por isso é tão utilizado pelos Indianos e pela medicina Ayurvédica. O pózinho que vem desta raiz inibe o crescimento de vários tipos de câncer (colón, pulmão, fígado, estômago, mama, ovário e leucemia, por exemplo). Faz com que as células cancerígenas se suicidem (“apoptose”). Será por esta razão que os Indianos têm entre 5 a 10 vezes menos estes tipos de câncer do que nós, meros ocidentais?! Dá que pensar não dá?

No entanto, para o nosso organismo absorver o cúrcuma/açafrão, da forma correta é necessário que se associe pimenta do reino ou gengibre. A pimenta multiplica 2.000 vezes a absorção do cúrcuma pelo organismo.

Ele aumenta a eficácia da quimioterapia e reduz a progressão de tumores. Incrível!

Modo de consumir: Adicione 1/4 de colher de chá de pó de cúrcuma/açafrão (de preferência compre as raízes e faça o pó em casa), com meia colher de sopa de azeite de oliva e uma pitada generosa de pimenta-do-reino. Acrescente aos seus pratos, legumes, sopas, molhos de salada, etc. Se sentir um gosto amargo, pode acrescentar umas gotas de xarope de Agáve. O gostinho fica uma delicia e os resultados são, comprovadamente incríveis.

Para além do cúrcuma, existem mais dois super poderosos aliados na luta anti-câncer. As “kriptonitas” deste bichinho do século, para além do curcuma com a pimenta-do-reino, são: o chá-verde e a soja (algumas formas). Mas destes irei falar em outros posts. ;)

Fontes que me fizeram investigar: “Anti-Cancer” de David Servan-Schreiber e “A verdadeira dieta anti-cancer” de Dr. David Khayat

O livro – Onde comprar em Portugal e na Europa

“O cancro foi a minha cura”, de Vânia Castanheira….euzinha!

Capa portuguesa

Capa portuguesa

Foi lançado em Portugal no dia 17 de Abril e esteve no top de livros (6º lugar) mais vendidos da Fnac, durante bastante tempo! Estive em praticamente toda a mídia portuguesa. Fui recebida de braços abertos por Portugal. O meu coração está cada vez mais cheio e completo.

Neste livro, falo com as palavras da minha alma e entrego a minha vida. Falo sobre a minha mudança de Portugal para o Brasil, as dificuldades e as coisas boas desta mudança. Conto episódios muito pessoais e partilho as minhas emoções e os meus sentimentos em cada vicissitude da vida. Incluindo um cancro/câncer de mama, com 31 anos e 1 ano e meio de casada.

Se acompanha o blog, vai amar o livro. Se não acompanha, vai querer começar a acompanhar.  :) Vai me conhecer muito melhor. E espero que queira fazer parte, cada vez mais, desta minha vida…COMIGO.

Veja abaixo os locais de venda do livro, em Portugal:

  • Lojas Fnac
  • Lojas Bertrad
  • Continente
  • Bulhosa
  • PressLinha
  • Livrarias menores (vi em tantas, só de andar pela rua…:))
  • Feira do Livro em Lisboa

Venda online (basta apertar o link e veja onde tem um melhor preço):

Agora é só comprar. Até dá para faze-lo sem sair de casa. E depois já sabem, enviem-me os vossos comentários. Já recebi cerca de 1000 feedbacks e não me canso de ler nenhum.

Um beijo no <3 e boa leitura ;)

PS – o “irmãozinho” deste meu filhote vai estar disponível no Brasil a partir de Agosto/ Setembro. Assim que sair eu aviso. ;)

Academia e Câncer

O #desafiovidasaudavel que lancei em Janeiro não veio do nada. Não implementei uma série de mudanças na minha vida sozinha. Fui, como sempre, em busca de profissionais que me auxiliassem nas minhas escolhas, com foco no meu objetivo. Nutricionista, cardiologista, endocrinologista e claro, educador físico, personal trainer. Afinal eu queria mais saúde, dar um “xô” nas gordurinhas e ganhar massa magra. Não queria uma dieta, queria um estilo de vida.

E assim conheci a Dani Facadio (@danfacadio), na Cia Athletica, que  se tornou indispensável na minha vida. Entendeu-me de primeira e montou-me treinos que começaram a ter resultado muito rapidamente.

No 1o exercicio nem conseguia agachar..."pudim" "franga"!

No 1º exercício nem conseguia agachar…”pudim” “franga”!

Com a palavra a Dani:

“Quando a Vânia me procurou para fazer o Programa de Resultados da Cia Athletica, veio com um brilho no olhar e uma história de coragem, e superação. Fiquei feliz em vê-la cheia de vida e vontade de retomar uma rotina saudável e ativa!  Mas nunca imaginei o tão assídua e dedicada ela ia ser.

A meta era eliminar gordurinhas, modelar o corpo e voltar a ser como antes, eu diria até melhor que antes! Por que não!? Para toda a mulher, se cuidar é fundamental para autoestima, vontade de viver e qualidade de vida.

Não é tão simples, após tratamento oncológico retomar a atividade física. Primeiro que tudo é necessário ter a liberação do médico. Pois de acordo com tipo de câncer e a fase do tratamento, é preciso ter alguns cuidados especificos. E ainda assim, após o tratamento tem que buscar um apoio profissional, de um Educador Físico, que se interesse em Atividades Físicas adaptadas!

Segundo as diretrizes do American College no que toca a  Sports Medicine: O Câncer e a terapia para o câncer comportam o potencial de afetar os componentes relacionados à saúde da aptidão física (aptidão cardiovascular, força e endurance musculares, composição corpora, flexibilidade, marcha e equilíbrio). Em condições ideais os pacientes com câncer deveriam receber uma avaliação abrangente de sua aptidão, envolvendo todos os componentes da aptidão relacionada à saúde: História médica, exames físicos e os testes de laboratórios como hemograma completo, perfil lipídico e provas de função pulmonar.

Os componentes recomendados pelo American College,  compatíveis com as recomendações da American Câncer Society são: de 30 a 60 min. de uma atividade física de intensidade moderada a vigorosa pelo menos 5 dias/semana. Com a liberação médica obtida antes, claro. Principalmente para exercícios vigorosos ter em atenção atenção a PA (pressão arterial) e a FC (Frequência cardíaca). Isto porque devem ser interrompidos no caso de serem observados sintomas incomuns (p.ex., vertigem, náuseas ou dor torácica).

No caso da Vânia começamos um treino do jeitinho que ela queria e adequado a ela: Exercícios funcionais sem cargas, e alguns aparelhos para fortalecer grandes grupos musculares que estavam sem resistência. Uma “gelatina”,  um “pudim”, como ela dizia. O condicionamento Cardiovascular da Vânia também estava mais fraco e cansava-se rapidamente.vania castanheira e dani facadio

No total eram 60 minutos de atividade já incluindo a caminhada. Começamos com exercícios mais simples e a cada troca de treino (2 meses em média) íamos progredindo e avançando!

E com muito prazer vou participar do “Minha Vida Comigo” para contar um pouquinho do #desafiovidasaudavel da Vânia, com dicas de cuidados e atenção ao praticar atividades mesmo após tratamento com liberação médica!”

Danielle Facádio – Personal Trainer  – CREF

 

 

 

Semente de Chia

Era consumida por quem precisava de força e resistência física nas civilizações antigas. É  Oriunda do México e do Chile e desde há uns 2 anos para cá que cada vez se ouve falar mais dela.

Rica em fibras, cálcio, ferro, fósforo, potássio, magnésio, zinco e ômega-3. No entanto, foi por aumentar a sensação de saciedade (ao entrar em contato com o líquido do estômago, ela forma uma espécie de gel que o dilata), que resulta num possível emagrecimento, que a fez ficar famosa. Apenas uma das excelentes caracteristicas.

Imagem cedida por revista Veja

Imagem cedida por revista Veja

A nutri Mariana Ferri d’Àvila conta-nos quais os benefícios desta poderosa semente:

  1. 400% da dose diária de Omega-3 – combate doenças cardíacas, pois regula a pressão dos vasos sanguíneos. Fortalece o sistema imunológico, aumenta a absorção de nutrientes e evita a depressão;
  2. 67,8% da necessidade diária Ferro – excelente para as crianças e para as mulheres em período menstrual;
  3. 16g de Proteína (a cada 100g de Chia) - ajuda na formação de tecido muscular;
  4. Potássio (2x mais que a banana) – ajuda a evitar câimbras. Essencial para quem pratica exercício físico diário, pois tem grande participação na ação muscular.
  5. Antioxidantes (ácido cafeíco e clorogenico) - aliados na prevenção do câncer e contra o envelhecimento precoce;
  6. 15x mais magnésio que o brócolis – essencial para o funcionamento do nosso cérebro e ligações cognitivas. Ajuda na memória;
  7. 6x mais cálcio que o leite integral – bom para os intolerantes à lactose;
  8. 20% da necessidade diária de Vitamina A - responsável por melhorar o sistema imunológico e proteção da pele e olhos contra o envelhecimento;
  9. Vit. do complexo B – fundamentais para o funcionamento do sistema nervoso;
  10.  63,5% da necessidade diária de Manganês - participa na síntese de várias reações enzimáticas, no crescimento dos ossos e tecido conjuntivo;
  11.  12,3% da necessidade diária de Zinco – melhora a imunidade, visão, olfato e paladar;
  12. 30,5% da necessidade diária de Cobre - facilita a absorção de ferro e melhora a imunidade;
Modo de Tomar:
 - 25g por dia
 - pode ser misturada em sucos, iogurtes e em preparação de bolos sem alterar o sabor
 - a semente de Chia pode ser encontrada em três formas:
  • óleo – pode ser usado como temperos de saladas e pratos em geral
  • farinha – podem ser adicionados em iogurtes, vitaminas, tortas, bolos, saladas, sucos, entre outras receitas
  • grão inteiro – podem ser adicionados em iogurtes, vitaminas, tortas, bolos, saladas, sucos, entre outras receitas
Para quem quer emagrecer:
- pode ser consumida 20 minutos antes das principais refeições (1 colher de sopa de chia com 1 copo de água).*

*o ideal é que se consulte com um profissional antes de começar qualquer plano alimentar

 

Como lidar com uma pessoa querida que tem um câncer?

Acabou de descobrir que um parente, um amigo ou o parceiro/a está com um câncer e não sabe como lidar com isso. É perfeitamente normal. Essa pessoa também está descobrindo como ela própria deve lidar com a descoberta da doença. Vai ser um aprendizado para cada um de vocês. E cada um reage de um jeito. Não existe fórmula mágica. No entanto, você quer ajudar e não atrapalhar, correto? Então vamos lá a algumas dicas.minha esposa tem cancer

1. A pessoa que descobriu precisa de espaço. Deixe que seja ela a escolher o momento de desabafar. Apenas esteja lá, disponível. Tente não tocar no assunto. Fale de outras coisas. Quando ela quiser ela vai falar. Lembre-se que você tem dois ouvidos e apenas uma boca e guarde as suas perguntas de curiosidade para quando a pessoa estiver mais à vontade com a doença. Depois até podem “brincar” com a situação;

2. Esteja presente mesmo que não diga nada. Leia um livro na sala, mesmo quando a pessoa está descansando no quarto. De vez em quando vá lá levar água. Controle as horas para ver se está na hora de comer. Não fique perguntando a toda a hora se precisa de algo. Seja proativo e faça com que a pessoa nem precise de pensar que precisa comer, por exemplo. Leve umas revistas, uma sopinha pronta, um mimo,…;

3. Evite falar de casos que conhece em que a pessoa sobreviveu ou faleceu. Todos conhecemos uma história e cada caso é um caso. Apresente este blog ;);

4. Evite frases como “vai correr tudo bem” se você não sabe como vai ser. A pessoa precisa saber que pode desabafar e ser verdadeira com você por isso seja positivo e anime mas não dê falsas esperanças;

5. Se a pessoa estiver fazendo “corpo mole” constantemente seja sério e leve-a para uma leve caminhada, anime-a, diga que ela precisa reagir, precisa passar uma maquiagem (se for mulher) e sair de casa. Respirar ar puro, ver gente, ver vida.

6. Se a pessoa tiver momentos de agressividade, não leve para o lado pessoal, seja compreensivo;

7. A fase em que a pessoa vai precisar de mais ajuda é depois do 3º ou 4º mês após o diagnóstico), quando já todos se afastaram e voltaram às suas rotinas. Ela vai estar mais fraca emocional e fisicamente e precisa de apoio. Se for muito independente, pode ser que não peça;

8. Não se martirize se fizer ou disser “a coisa errada”. Isso não existe. Ambos estão aprendendo e crescendo juntos.

9. Sempre que puder faça essa pessoa querida dar umas boas gargalhadas. Lembre-a que há uma vida boa esperando por ela e que esta vale a pena;

10. Se essa pessoa for um fillho/a, eu sei, é antinatura. Nem sequer existe palavra no dicionário que defina o estado de um pai que perde um filho. Porque isso não pode acontecer e você vai fazer tudo o que pode para o salvar. Por isso dê força, se mostre presente, ajude nas tarefas. Faça a sua “canjinha” que só você sabe o tempero e dê o seu colo que só você sabe. E sempre de sorriso e força no rosto. Vocês nem imaginam como esses sorrisos nos dão força. :)

Lembre-se: é uma fase e ambos esperam que acabe rapidamente e bem. A medicina está super avançada e precisamos confiar nela. No entanto, ela não é suficiente. O amor e a energia que resulta dele são extremamente fortes e dão-nos uma força sobrenatural para enfrentarmos as mais duras batalhas. Devemos trocar muitas doses de amor. Dar e receber constantemente. Umas horas precisamos mais de receber e outras precisamos mais de dar. E esta é a hora da “sua pessoa” receber. :)

Beijo no coração.